Bom Humor Vespertino: Não Se Acostumem

12239711_1234523886573279_4114600514164867918_nApesar do calor infernal, a temperatura amenizou, assim como meu humor.

Subitamente, algumas nuvens colocaram o sol em seu devido lugar, alegando que a acabou a palhaçada ®

Sim, porque se as nuvens se dissipassem por completo, como a maioria dos poetas atribuem a este fato um sentido lindo (vai entender), significa que o sol reapareceria todo luminoso e narcisista. QUE DIABOS, não é mesmo?

Eis que o vento começou o seu cochicho convidativo me chamando pra tomar um café, tomar “um ar”. Aceitei o convite, porque não sou palhaço ®

Quando eu estou radiante – Marie Curie feelings – e bem humorado, diga-se de passagem, as pessoas ao meu redor é que estão mal humoradas.

Por que não aproveitam este Felippe Alves nesse estado tão raro. Quando eu sou bruxo, reclamam. Quando sou compreensivo, atencioso, além de reclamarem, não dão a mínima. Depois não digam que não foram avisados.

Inalterável: Saiba lidar.

Sei que o passado é inalterável, mas se ao menos pudesse visualizar minha vida de uma maneira diferente. Algo como um universo paralelo, só pra ter uma idéia de como ela seria hoje.

Não quero escolher nenhum final, até porque sei que não tenho esse poder. Mas pelo menos pra ver como seria. Visualizar, apenas. Por um viés alternativo. E menos desagradável, de preferência.

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

abril 2017
S T Q Q S S D
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.