“uh oh! chegaram os policiais da arte!”

Sobre a “”””””””””polêmica””””””””””” apresentação do vômito em Swine da Lady Gaga no Festival SXSW Boldstage: má interpretação:: a gente vê por aqui. Swine é uma música sobre estupro, onde a personagem em questão sofre abusos do cenário fonográfico. O tema por si só é desagradável. Não queriam uma performance floreada com lavanda all over the place? Claramente, sdds interpretação. Essa artista inglesa Millie Brown pinta quadros com próprio vômito: leite com corante. Já trabalhou com a Gaga antes. Não sei qual o estardalhaço todo ZZzzzzzZzZ

10004059_243668112487313_394106430_n

Esse “fuck you, pop music” vai ser mal interpretado até umas horas. Ela tá meio puta com a América e ela diz que essa é a arte dela, entendam quem quiser. Ela não tá mais tão acessível quanto as outras cantoras pop da atualidade, onde tudo é fácil de entender. A América tá meio que rejeitando Gaga. Eu li um texto sobre isso. Eles colocam um artista no pedestal e depois param de dar o devido valor. A América põe lá no topo, mas quando ela quer… boicota mesmo. Quando não agrada mais, não tem mais o que fazer.

É como diz no livro FAHRENHEIT 451, de Brad Bradbury (não com as palavras exatas, mas vou tentar reproduzir aqui): as pessoas preferem o mastigado, eles temem tudo que não é de fácil entendimento. Se não entendem um filme, um livro, uma performance, logo julgam. Sempre preferem o convencional, zona de conforto é sempre melhor pra elas. Já dizia Michael Jackson: quanto maior a estrela, maior o alvo.

Essa perseguição aconteceu com gente da véia e vai continuar acontecendo com outros. Normal. Quantos artistas underground dos anos 80 fizeram isso e coisa muito além? O que a Madonna foi criticada até não poder mais com o LIVRO SEX em 1992?

Sempre existiu ARTE PERFORMÁTICA. Não é só cantar e sair do palco, fim. Cada um tem um conceito. Se já foi feito por alguém ou não, não faz diferença. Quantos artistas por aí não utilizam referências de movimentos artísticos e recriam, mesclam eles, e criam algo seu?

1925260_243683822485742_1496611471_n

1888698_243677955819662_1181321015_n

ARTE é um termo subjetivo. Não restrinjam o termo “ARTE” só pro barroco, pro impressionismo, coisas que a gente aprende na escola/faculdade. Cada um expressa sua arte como quer: seja com sangue, vômito, etc. Claro, usando o bom senso. Não que nem banda por aí, por exemplo, que joga até urina em quem assiste o show. Há quem diz que a arte precisa ser sentida, não compreendida. Eu até acho que deva ser compreendida, sim. Mas quem quiser apenas sentir, tem o direito de só sentir.

Fotos: RDT Lady Gaga

STOP THE DRAMA! START THE MUSIC!

LadyGaga1

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

março 2014
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: