Cinema | Crítica Instantânea: Medianeras

medianeras-pilar-lopez-de-ayala-javier-drolas
Bárbaro. Verdadeiro estudo sobre o cotidiano e como a internet diminuiu o contato humano e a vontade de viver. Além de ser uma boa aula de arquitetura e o melhor disso: usando a mesma pra explicar a verdadeira essência da pessoa que vive essa “cultura do inquilino”, como o próprio filme denomina.

O próprio título já diz: Medianera, aquela parte lisa e sem serventia dos edifícios, geralmente usada como propaganda. Soa como uma prisão e, então, somos obrigados a quebrar parte dela (um buraco ilegal) pra conseguirmos enxergar o que há muito não enxergamos.

Temo dizer que me enxerguei nesse filme. A mim, o vizinho, você aí sentado que tá lendo isso que eu tô escrevendo. É inevitável essa solidão que assola a tudo e a todos. Aquela velha e batida história de que “a internet te põe cara a cara com o mundo, mas te afasta da própria vida”.

Direção: Gustavo Taretto. 2011

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

janeiro 2014
S T Q Q S S D
« nov   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: