Sonho indecifrável

Visível era o seu medo de altura. Então pra que subir se daria piti pra descer? Todos sabiam da probabilidade do perigo da queda. Além do mais, tudo era uma questão de sorte: os puxadores poderiam enganar quem os segurasse. Do confiante ao mais preocupado.

Tentei de várias formas achar uma explicação pra esse sonho. No sonho, eu cheguei ao topo, acho que de um muro. Bem alto mesmo. Mas devido ao medo de altura, não consegui descer. O medo era doentio, infernal.

Sem querer eu olhava pra baixo, por mais que tentasse não olhar, era em vão. Eu tentava descer de alguma forma e não conseguia. Alguns puxadores que eu segurava poderiam estar soltos. Nem todos estavam, mas poderiam estar. Arriscar a sorte?

Até que alguém me ajudou a descer. Agora… como eu interpretei isso? Metáfora para o sucesso? Teria eu ido tão longe a ponto de não aguentar mais esse frisson todo sobre minha pessoa? Daí eu me toquei: Felippe? Sucesso? Por que será que não tô fazendo stand up ainda, porque olha…

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

novembro 2013
S T Q Q S S D
« out   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: