Próxima fase

2011. Um ano turbulento pra mim. Acabou de começar o ano praticamente, eu sei. Começou tranquilo. Janeiro, fevereiro se mostraram bacanas, com uma sensação de alívio, do tipo: bah, último ano, não acredito que cheguei até aqui, etc. Falso alívio. Março: o desespero tomou conta. Último ano da faculdade, insegurança com o TCC, pressão aqui, pressão ali. Abril. O desespero tomou conta de vez. Não queria mais pensar em nada, queria desistir do TCC e vender água de coco. For real. Não estou brincando. De repente, eu lembrei de todas as coisas que eu tenho pra concretizar. É como num videogame: não se pode pular fases pra chegar em outras. Na verdade, com a password podemos… enfim, esse não é o ponto. Não podemos partir pra novas batalhas sem antes termos concretizado, de fato, a guerra. Sei que a vida nos cobra, nos pressiona como se não houvesse amanhã e etc. Sabe o que nos ajuda a desencanar nesses momentos de pressão? Saber que você está terminando o curso e que logo estará livre pra estudar coisas novas e planejar inúmeras coisas que você estava morrendo pra concretizar. A vida é um saco, mas é só pararmos pra pensar no que vem a seguir que passa. Eu estive muito mal durante março e o começo deste mês. Mas acreditem se quiser, eu melhorei. Percebi que a gente deve ter paciência e não se importar com o que os outros tem a dizer. Se tiver que espernear, gritar e se irritar com o mundo: o faça. Soltar essa raiva, essa frustração faz bem. Claro, não a solte cometendo assassinatos por aí que nem idiota. Ninguém tem culpa dos seus problemas. Planos e oportunidades aparecem na sua vida pra te fazer refletir melhor e, principalmente, pra colocar sua paciência a prova. Planejar, sem pensar na eficácia do plano, é reconfortante. Antes de se estressar por tudo, preste atenção no que vem a seguir e coloque toda essa sua vontade de “passar pra próxima fase” no hoje. Nada vai nos impedir de gritar ou espernear de novo, porque acredite: haverá muitas chateações futuras. Saiba driblar todas elas e passe para a próxima fase. Logo menos, você salva o jogo e parte pra outro.

Anúncios

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

2 Respostas para “Próxima fase

  1. Não é q eu tbm tive vontade de vender agua de coco na praia?! Acho reconfortante saber q não sou só eu q tenho tais pensamentos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

abril 2011
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Latest Tweets

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

%d blogueiros gostam disto: