Quando o amor pela cultura nipônica fala mais alto

A admiração pela cultura japonesa é tamanha que o estilo chegou a ser implantado no cotidiano dos jovens brasileiros

Por Felippe Alves

imageCamila Zillig, 16 anos, encarna a bruxa Blair do mangá Soul Eater 

A cultura japonesa continua fazendo a cabeça de muitos jovens brasileiros. Não só no gosto pelos quadrinhos e músicas, mas no sentido geral. O interesse em saber mais sobre a cultura de um determinado país é tanta que os jovens acabam aderindo seriamente aos costumes. O que é o caso da estudante Camila Zillig, de 16 anos.

Desde criança, assiste animes e mangás, além de freqüentar diversas feiras do segmento como AnimeCon, Anime Friends e muitas outras. Como toda jovem, ela adora sair, incluindo um animekê (videokê com músicas de anime) com os amigos. É adepta do Cosplay e não se envergonha disso. Curiosa, sempre procurou saber mais sobre a cultura nipônica e de ir além em relação a ela. De religião a gastronomia, ela está sempre aberta a novos conhecimentos

A Otaku Magazine conversou com a estudante sobre o gosto e a admiração da cultura da terra do sol nascente. Confira abaixo.

Como tudo começou? O que tornou você uma admiradora da cultura japonesa?

Minha família diz que sempre gostei da cultura japonesa, desde nova, principalmente a culinária. Acho que a curiosidade sobre a terra do sol nascente me incentivou a gostar tanto do Japão. Aprendi sobre os costumes, religião e principalmente a cozinhar. O nigirizushi foi o mais fácil, porque são bolinhos de arroz recheados com frutos do mar/peixes e vegetais.

Quais animes você assistia quando criança?

Eu assistia muitos animes que passavam no Cartoon Network e Fox Kids/Jetix (Pokemon, Sailor Moon, Sakura Card Captors, InuYasha, Yu Yu Hakusho, Love Hina, Mirmo Zibang, Digimon, Shaman King, Mosnter Rancher, Medabots, etc).

Como você era vista na escola? As pessoas te olhavam torto?

Então, essa curiosidade toda me fez inserir a cultura japonesa no meu cotidiano. Sofri muito preconceito com esse "rótulo". As pessoas acham que pelo fato de ver animes e ler mangás, você é um nerd idiota e te excluem, o que acaba virando bullying. Até eu fui obrigada a me respeitar.

O que o otaku come?

Dizem que comida de otaku é Mupy, Melona e CupNoodles, mas eu prefiro os doces como Pocky e Lotte Koala.

Que tipo de música o otaku ouve? Qual a primeira música ou banda que ouviu, qual despertou o interesse?

Sou bem alternativa no gosto musical. Na J-Music ouço J-Pop, J-PopRock e J-Rock, mas prefiro J-Rock. As bandas que eu mais gosto são The Gazette (Guren), Miyavi (Jinbun Kakumei), Girugamesh (Break Down), Do As Infinity (Fukai Mori), Orange Range (Asterisk) e Asian Kung-Fu Generation (Rewrite).  Quanto ao J-Pop, a Ayumi merece destaque, as músicas são emocionantes, a que mais gosto é My Will.

Você coleciona mangás? E DVDs de animes?

Tive todos os mangás de Fushigi Yuugi, depois vendi. Hoje prefiro baixar os animes e mangás da internet pra economizar.

Frequenta muito os eventos de cosplay?

Já virou rotina ir ao Anime Dreams, Anime Friends e Ressaca Friends todo ano, mas o AnimeCon e o Anime Fantasy eu fui pela primeira vez esse ano e adorei.

Qual foi o último cosplay que você fez?

Esse ano fiz o cosplay da Blair de Soul Eater no Anime Friends.

Qual foi o último mangá que você leu?

O último mangá que li foi Katekyo Hitman Reborn e é realmente muito bom. O anime está na fase final, mas dizem que vai ter continuação. Espero que sim.

(Projeto Acadêmico do curso de Jornalismo – Otaku Magazine)

Anúncios

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

novembro 2010
S T Q Q S S D
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: