Cada um dê o título que achar melhor aqui

Algumas pessoas sofrem por amor. Eustássio nunca sofreu. É o que ele diz. Pode parecer mentira, mas acredito que algumas pessoas não sofram mesmo. Os que sofrem não dão o braço a torcer. Ele pode não ter sofrido por amor, mas por N outras coisas. Doeu, doeu muito. Tanto que ele desejava não ser real. Ser um robô. Às vezes é ruim ser real. É ruim sentir emoções e tristezas – até alegrias, porque são frustrantes.

Às vezes nos sentimos tão frustrados, mas não admitimos. No caso de Eustássio, ele se gaba por não sofrer por amor, causando uma inveja em todo mundo, mas na verdade ele é um infeliz aspirante a tudo que ama que sofre sim. Mas por incrível que pareça, ele tem surtos felizes e começa a cantar alto absolutamente do nada. Acho que é pra manter as aparências. Isso não vai mudar a verdade. Vai ver ele acha que cantando vai conseguir se esquecer da realidade.

Será que ele vai conseguir ser pelo menos metade do que deseja?

O despertador gritou dizendo pra ele acordar pra vida. Será o despertador um prelúdio para o que está por vir? Terá Eustássio as lacunas de sua vida preenchidas? Espero que ele não tropece no próprio cadarço ou

se engasgue com a própria saliva ou

bata a cabeça no asfalto

antes de preenchê-las.

Anúncios

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

2 Respostas para “Cada um dê o título que achar melhor aqui

  1. Dizem que é horrivel ter o coração inteiro. Bom mesmo é ter ele todo ‘deformado’, com pedaços dos corações daqueles que te cercam e faltando um pouco do seu mesmo, pedaçoes que vc deu pra quem julgou merecer.

    Vi iso numa daquelas mensagens que a Namaria Braga manda todos os dias, isso faz um bom tempo, tava na 8ª série ou 1º ano. Nunca me esqueci 🙂

  2. Às vezes é bom estar sozinho. Mas escolher ficar apenas sozinho, é preciso ter muito cuidado. Porque a solidão vicia tanto quanto as drogas mais perigosas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

agosto 2010
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: