O Laço Macabro

Ao pesquisar e-mails antigos, nos quais guardo a vida, achei esse conto que escrevi pra um concurso que participei quando fiz curso no SENAI em 2005. Pode não ter ganhado o concurso, mas ficou engraçado. Detalhe: era pra ser de terror. Enfim, está aí pra quem quiser ler.

image 

O LAÇO MACABRO

 

Eram três amigas. Nikita, Mary Jane e Janis. Tinham uma vida financeira boa, uma vida familiar boa, conseqüentemente viviam muito bem. Eram muito próximas, estudaram juntas, trabalhavam na mesma empresa, enfim, não se separavam. Mas um certo dia o laço macabro rompeu a bela amizade e a bela vida que elas tinham. Vou contar-lhes como ocorreu.

13 de outubro de 1995. Era uma agradabilíssima manhã de sexta-feira. As três combinaram de ir ao shopping neste dia. Então, enquanto direcionavam-se ao shopping, conversavam sobre seus assuntos preferidos como músicas, TV, teatro e etc. Quando chegaram ao shopping, correram para as lojas de roupas. Quando viram um vestido importado na vitrine, saíram correndo igual umas loucas para dentro da loja. Quando viram o preço do vestido, sentiram na necessidade (aliás, na obrigação) de comprarem aquele vestido. Elas sabiam que, se comprassem aquele vestido, iam ser bem vistas na sociedade, sabiam também que iriam chamar a atenção, que com certeza era esse o objetivo das amigas. Mas o problema começa aí. Só tinha uma peça na loja, o que estava na vitrine. Quem chegasse primeiro, provavelmente o compraria, era questão de sorte.

Bem, Nikita disse às demais:

– Olha, perdoe-me, mas este vestido interessa mais a mim do que a vocês. Portanto, eu terei que comprá-lo.

Nisso, Mary Jane retrucou:

– Ah, pouco me importa o que você pensa Nikita, esse vestido cairia muito melhor em mim do que em você. Bem que eu reparei uma coisa em você: está urgentemente precisando de um regime.

Nisso tudo, as duas começaram a discutir. E Janis tentava apartar a briga entre as duas.

– Gente, brigar por um vestido não faz sentido. Vamos nos encontrar no meu apartamento para uma conversa muito séria. Vamos agir com maturidade nisso tudo, pois lembrem-se: com maturidade e seriedade resolvemos todos os nossos problemas.

Mais tarde naquele dia… Nikita dirigia-se a casa de Janis para discutir o assunto. Quando chega à casa de Janis, Janis está esperando Nikita na porta de seu apartamento. Ela chama Nikita até as escadas de emergência para conversar com ela. Quando ela a leva para a escada, rapidamente ela empurra Nikita escada abaixo e Nikita cai lá embaixo toda ensangüentada.

Janis, a ponto de querer tanto um vestido, teve coragem de matar sua própria amiga empurrando-a escada abaixo. Nisso ela volta para seu apartamento rapidamente para que ninguém a veja perto das escadas.

Depois, Mary Jane chega à casa de Janis com uma garrafa de vinho, para relaxar conversando com sua amiga. Pergunta por Nikita, mas Janis diz que ainda não chegou, que deve estar presa no trânsito. Janis pede licença a ela e vai até o seu quarto. Enquanto Mary Jane arruma as taças pro vinho, Janis chega por trás e sem ela perceber e atira com o revólver na cabeça de Mary Jane. Ela liga para um conhecido vir retirar o corpo de Mary Jane de seu apartamento. Ela limpa o sangue muito bem para não deixar rastros mesmo.

Então, Janis senta em seu sofá com uma taça de vinho na mão pensando:

“Nossa! Já estou até pensando… Como vou ficar linda naquele vestido… Como vou ser bem vista na sociedade e somente eu terei aquele vestido. Serei a única”. Enquanto planeja os projetos de seu sonho, ela toma um gole da sua taça de vinho, que Mary Jane trouxe. Nesse ato, Janis cai dura no chão. Ela nem imaginava que Mary Jane iria envenenar a garrafa de vinho para ela tomar antes dela atirar em sua cabeça. Enquanto Janis planejava sua vingança para Nikita e Mary Jane, Mary Jane foi mais rápida e envenenou o vinho. Janis conseguiu o queria, mas também foi envolvida pelo laço macabro.

Então, foi assim que o laço macabro acabou com a vida e a amizade de cada uma delas. Infelizmente, a ganância falou mais alto do que a amizade.

_____________________________________

Comentários do autor:

– Que diabos as mulheres se matam por causa de um mísero vestido? Se fosse por um bilhete premiado da Mega Sena, dava até pra considerar.

– Janis liga pra um conhecido retirar o corpo do seu apartamento. Ela liga como se pedisse um serviço de quarto, super natural. Como o síndico não percebeu um corpo ensanguentado saindo do prédio? E se viu, por que agiu com naturalidade? Alguém me explica essa insanidade escrita aos 14 anos de idade?

– “Ser bem vista pela sociedade por causa de um VESTIDO” – o que? Como se roupa bonita ajudasse nisso.

– Esse texto foi plagiado baseado num conto folclórico.

_____________________________________

Ah, não é um best-seller. Mas levem em conta que foi feito aos 14 anos. Não queria dominar o mundo nessa época. Mas que garante boas risadas, garante. Imaginem só, brigar por causa de um vestido. Chega a ser patético. É mas e se foi feito por encomenda, han? Peça única?

Anúncios

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

2 Respostas para “O Laço Macabro

  1. Parabéns pelo novo blog. Vá em frente ! Um abraço sempre….

  2. Laís

    DHIASUDHSIUDHASUIDHAUSIDHAUISDHAUISDHAUISDHAUISDHAUISDHUIDHAUISDHSUIDHASIDHASIDHASUID,

    Bom, eu também diria: Meus parabéns por seu novo blog! Mas não sei se o faria aqui nesse post.
    O que eu tenho a dizer é: Uma mente criativa produz desde que recebe o fôlego da vida.
    O capitalismo domina as mentes humanas à ponto de uma pessoa, mesmo que em um conto, matar as amigas com tiros na cabeça, veneno, e tudo mais, rs.
    Eu ri muito com tudo isso, HAHAHAHAHAHA, muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

março 2010
S T Q Q S S D
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: