Música retarda o Mal de Alzheimer

O pesquisador Petr Janata, da Universidade da California, monitorou a atividade cerebral de um grupo de voluntários enquanto ouviam música e chegou à conclusão de que a região cerebral relacionada à música está inteiramente associada às memórias mais intensas de um indivíduo, onde nota-se um elo muito significativo com as emoções. A região ativada durante o experimento, o córtex pré-frontal (logo atrás da testa), é uma das últimas áreas do cérebro a se atrofiar à medida em que a doença progride. Janata disse que uma música conhecida é como a trilha sonora da nossa vida trazendo de volta lembranças, sejam boas ou ruins e que, com certeza, música e memória sempre trabalharam juntas. O experimento foi monitorado por exames de ressonância magnética e mostrou, com êxito, que em média, cada indivíduo reconheceu entre 17 e 30 trechos musicais. Desses, cerca de 13 eram moderadamente ou fortemente associados com uma lembrança autobiográfica.


De uma coisa, eu tenho absoluta certeza: Alzheimer, desde já, está bem distante de mim. Fato, oi.

Anúncios

Sobre Felippe Alves

Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Felippe Alves


Jornalista, 20 e poucos anos, amante assíduo da arte e da música. Dono do próprio blog. Sem sucesso pra trabalhar na área. Tenho células suicidas (elas não me suportam e colocam substitutas no lugar). Não sei o que é real ou o que é fantasioso. E definitivamente não sei lidar com MUITAS coisas.

What we´re gonna do right here is go back

fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Latest Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: